Faça uma pergunta »

GarageBand: Janela GarageBand

Abril 2015



Quando você abrir o GarageBand, ou quando você escolher o menu Arquivo > Novo, o seletor de projetos aparece.

A barra lateral esquerda tem diversas categorias de projetos e o lado direito mostra modelos de projetos correspondentes.
  • "Novo projeto" mostra, à direita, vários instrumentos ou tipos de projetos para criar um projeto musical (se você quiser gravar com a guitarra, clique em Guitarra Elétrica ou Instrumentos Acústicos; se você cantar, clique em Voz, etc).
  • "Aprender a tocar" propõe uma seleção de lições básicas para aprender um instrumento, praticando com um professor virtual.
  • O "Projeto Magic GarageBand" é um projeto pré-definido a partir do qual você pode basear a sua música. Isso te ajuda a não partir do zero na primeira vez que trabalhar no GarageBand.
  • "Ringtone para iPhone" oferece vários tipos de projeto para produzir um ringtone de telefone celular.


Para criar um novo projeto:
  • 1. Escolha o tipo apropriado de projeto na coluna da esquerda e clique em Selecionar.
  • 2. Na caixa de diálogo Novo Projeto a partir do modelo, digite o nome da música e localize a pasta onde quer gravá-la.
  • 3. Em seguida, defina o tempo, isto é, a velocidade em que a música será tocada, medida em batimentos por minuto (bpm). O ritmo é definido de 40 bpm a 240 bpm, no máximo.
  • 4. Escolha a Assinatura de tempo adequada para o tipo de música que você vai tocar. A assinatura é a maneira como você conta o tempo. O número da esquerda corresponde ao número de batidas de cada compasso e o número da direita ao valor do tempo. A assinatura padrão é de 4/4, ou quatro batidas por compasso.
  • 5. Finalmente, escolha a chave no menu lcal do mesmo nome e o tipo da chave Maior ou Menor, à direita. Na maioria das situações, a chave de Dó Maior padrão é apropriada, escolha-a.
  • 6. Clique no botão "Criar".

Ferramentas


A janela de um projeto GarageBand consiste em uma coluna com os cabeçalhos de faixa, à esquerda , um plano de montagem, ao centro e , diversos navegadores, à direita.

O cabeçalho da faixa contém um ícone que a representa, o nome do instrumento, dois comandos para cortar o som ou ativar o solo, uma rodinha de ajuste panorâmico (o ajuste panorâmico controla onde a pista é ouvida, à esquerda, à direita ou no centro do campo estéreo), um controle deslizante de ajuste de volume e um voltímetro acima, para controlar o nível da faixa musical. Arraste o botão panorâmico para a esquerda para movê-lo para a esquerda ou, na direção dos ponteiros do relógio, para mover para a direita.

O plano de montagem representa visualmente o tempo, da esquerda para a direita. É nesta área que você vai montar o seu projeto, adicionando faixas constituídas de loops e gravações.

A barra amarela no topo do plano de montagem é a regra das batidas. Ela indica as unidades de tempo, seja em medidas e batidas, seja em minutos e segundos (você escolhe essa opção na tela do LCD, em baixo). Ele permite que você alinhe visualmente os diferentes loops e gravações que você deslizará para o plano de montagem.

A linha vertical vermelha que atravessa o plano de montagem é o indicador de reprodução. Ela indica o ponto ativo de um projeto e você poderá movê-la manualmente, arrastando o triângulo branco até o fim.


Na barra de ferramentas sob a janela tem, da esquerda para a direita:
  • O botão "+" de acréscimo de uma música.
  • O botão Editor de faixa.
  • A série de botões de leitura e de gravação.
  • Uma tela LCD com diversos parâmentos do projeto.
  • O botão de looping (duas setas curvas).
  • O botão Metronome.
  • O cursor da definição do volume principal.
  • O botão do navegador de looping.
  • O botão de informação das faixas.
  • O botão do navegador de multimídia.


NB: Se uma mensagem informa que nenhum Apple Loops foi detectado: em uma janela do Finder, abra a pasta Disco Rígido > Biblioteca> Áudio> Apple Loops> Apple> Apple Loops para o GarageBand e, arraste os arquivos para o navegador de loops no GarageBand.

Faixas


Uma faixa é uma espécie de "trilho" onde você irá alinhar os elementos de áudio do seu projeto, que serão tocados com sequência. Empilhando várias faixas no plano de montagem, você vai transmitir, simultaneamente, o áudio que elas contêm.

Cada projeto GarageBand tem uma faixa principal padrão em que você pode trabalhar quando precisar mudar um projeto. Você exibe esta faixa, escolhendo o menu Faixa > Exibir a faixa principal. Ela aparece na parte inferior da janela, acima da barra de ferramentas.

Dê um clique duplo no cabeçalho da faixa, à esquerda, para ver os detalhes da faixa, à direita. Você verá que, em princípio, ela está associada a efeitos. A modificação destes efeitos será detalhada na seção Adicionar efeitos.

Em um projeto GarageBand, você trabalha com três tipos de faixas:
  • As faixas de instrumentos reais para divulgar tudo o que você pode gravar usando um microfone: voz, guitarra ou outros instrumentos.
  • As faixas de instrumentos de softwares onde você vai armazenar todos os sons reproduzidos usando um teclado USB, um teclado MIDI ou um teclado na tela, que são, então, produzidos digitalmente pelo GarageBand, assim como os loops do Apple Loops de instrumentos de softwares e os arquivos MIDI importados.
  • As faixas de guitarra elétrica para as gravações deste instrumento para o qual você quer escolher um modelo de amplificador e pedais de efeitos fornecidos pelo GarageBand.

Uma faixa tem um papel especial: a faixa groove.
Trata-se da faixa que vai servir como referência para sincronizar tudo, ou parte, de outras faixas. Claro, uma única faixa pode desempenhar esse papel e, geralmente, uma faixa de baixo.
Para designar a faixa groove, clique na estrela na ponta esquerda do seu cabeçalho, ou arraste a estrela da antiga faixa para a nova.

Uma caixa aparecerá ao lado de todas as outras faixas. Ela será automaticamente assinalada se a faixa for sincronizada com a faixa groove. Ela não o será se você tiver definido explicitamente a sincronização para esta faixa ou se se tratar de uma de suas gravações (ou qualquer outro arquivo de áudio importado).
Para solicitar a sincronização de um arquivo de áudio importado com a faixa groove, clique duas vezes em uma sequência da faixa para abrir o editor. Marque a caixa Acompanhar o ritmo e a tonalidade à esquerda do cabeçalho.

Sequências


As sequências são trechos da música que você vai ligar e sobrepor para criar o seu projeto. Cada gravação você realizar (de voz ou instrumento) será armazenada em uma sequência, assim como cada loop que você adicionar em uma faixa. A sequência toma a forma de um retângulo com cantos arredondados e sua cor é significativa:
  • Roxo : instrumento real gravado.
  • Azul : instrumento real baseado em um loop.
  • Laranja: arquivo de áudio importado.
  • Verde : instrumento de software.


É trabalhando nessas sequências que você vai moldar o seu projeto. As diversas operações que você pode ser aplicar-lhes constam na seção Alterar as sequências.

Apple Loops


Um loop é um pequeno trecho de música, de um a quatro segundos, que pode ser executado por tempo indeterminado. O GarageBand oferece centenas que você pode acessar clicando no navegador de Loops.

Os ícones de loop verdes identificar os loops MIDI, ou seja, do som do computador. Os ícones azuis representam loops de áudio, que seja, sons gravados. Se você é iniciante, você obterá melhores resultados com os loops MIDI, que o computador pode combinar mais facilmente.

Os loops do Apple Loops são geralmente usados para os sons de bateria, as partes ritmicas e outras secções musicais repetidas de uma música. As sequências com base nesses loops são altamente flexíveis e podem ser cortadas, copiadas, coladas, editadas, transportadas e repetidas para criar uma música ou melhorar suas faixas gravadas.

Você pode completar a biblioteca do GarageBand adicionando outros loops, tais como o Jam Packs do GarageBand. Assim, você poderá trabalhar com um solista ou coristas, uma incrível variedade de estruturas rítmicas, loops exóticos gravados em todas as regiões do mundo, tocar com uma orquestra completa, ou ser acompanhado com sons de sintetizadores e caixas ritmicas.

A inserção e a manipulação de loops Apple Loops seguem as mesmas regras que as expostas na seção Adicionar sequências para um outro tipo de loop.


Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira
Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Garageband-janela-garageband.pdf

A ver igualmente

Na mesma categoria

Publicado por pintuda.
Este documento, intitulado « GarageBand: Janela GarageBand »a partir de Kioskea (pt.kioskea.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.