Kioskea
Pesquisar

SCSI

Março 2015

Apresentação do interface SCSI

O padrão SCSI (Small Computador System Interface) é um interface que permite a conexão de vários periféricos de tipos diferentes sobre um computador através de uma placa, chamada adaptador SCSI ou controlador SCSI (ligado geralmente através de um conector PCI).

O número de periféricos que podem ser ligados depende da amplitude do canal SCSI. Com efeito, com um canal 8 bits é possível ligar 8 unidades físicas, contra 16 para um canal 16 bits. O controlador SCSI, representando uma unidade física inteiramente, o canal pode por conseguinte aceitar 7 (8 - 1) ou 15 (16 - 1) periféricos.


Endereçamento dos periféricos

O endereçamento dos periféricos faz-se graças a números de identificação. O primeiro número é o ID, trata-se de um número que permite designar o controlador integrado em cada periférico (este é definido graças a cavaleiros a posicionar sobre cada periférico SCSI). Com efeito, o periférico pode ter até 8 unidades lógicas (por exemplo, um leitor de CD-ROM que comporta várias gavetas). As unidades lógicas são localizadas por um identificador chamado LUN (Logical Unit Number). Por último, um computador pode comportar várias placas SCSI, é por isso que um número de placa é atribuído a cada uma.

Desta maneira, para comunicar com um periférico, o computador deve dar um endereço da forma “número de carta - ID - LUN”.


SCSI assimétrico e diferencial

Dois tipos de buses SCSI existem :

  • o bus assimétrico, notado SE (para Single Ended), baseado numa arquitectura paralela na qual cada canal circula sobre um fio, o que o torna sensível às interferências.As coberturas SCSI em modo SE possuem por conseguinte 8 fios no caso de transmissão de 8 bits (chamamos-lhes então narrow, significando “estreitas”) ou 16 fios para um cabo 16 bits (chamado wide, cuja tradução é “largo”); trata-se do tipo de canal SCSI mais difundido.
  • o canal diferencial permite o transporte dos sinais sobre um par de fios. A informação é codificada por diferença entre os dois fios (cada um veicula a tensão oposta) a fim de compensar as perturbações electromagnéticas, o que permite uma distância de cablagem importante (de aproximadamente 25 metros). Distinguem-se geralmente o modo LVD (Low Voltage Differential, em português diferencial baixa tensão), baseado em sinais 3.3V, e o modo HVD (High Voltage differential, em português diferencial alta tensão), utilizando sinais 5V. Os periféricos que utilizam este tipo de transmissão, mais raro, têm geralmente a inscrição “DIFF”.

Os conectores das duas categorias de periféricos são os mesmos, mas os sinais eléctricos não o são, é necessário por conseguinte ter o cuidado de identificar os periféricos (graças a símbolos previstos para esse efeito) para não os deteriorar!

As normas SCSI

As normas SCSI definem os parâmetros eléctricos dos interfaces de entrada/saída. O padrão SCSI-1 data de 1986 e definia comandos standard que permitem o controlo dos periféricos SCSI sobre um canal cadenciado a 4,77 MHz de uma amplitude de 8 bits, que lhe permitia oferecer débitos de aproximadamente 5 Mo/s.

Contudo, grande número destes comandos eram opcionais, é por isso que em 1994 a norma SCSI-2 foi adoptada. Define 18 comandos chamados CCS (Common Command Set). Diversas versões do padrão SCSI-2 foram definidas:

  • O Wide SCSI-2 baseia-se num canal de amplitude 16 bits (em vez de 8) e permitido oferecer um débito de 10Mo/s;
  • O Fast SCSI-2 é um modo sincrónico rápido que permite passar de 5 a 10 Mo/s para o SCSI standard, e de 10 a 20 Mo/s para o Wide SCSI-2 (baptizado para a ocasião "Fast Wide SCSI-2");
  • Os modos Fast-20 e Fast-40 permitem respectivamente duplicar e quadruplicar estes débitos.



A norma SCSI-3 integra novos comandos , e permite o encadeamento de 32 periféricos bem como um débito máximo de 320 Mo/s (em modo Ultra320).

O quadro seguinte recapitula as características das diferentes normas SCSI:


NormaLargura do busVelocidade do busBanda concorridaTécnica das conexões
SCSI-1
(Fast-5 SCSI)
8 bits4.77 MHz5 Mo/sec50 broches
(bus assimétrico ou diferencial)
SCSI-2 - Fast-10 SCSI8 bits10 MHz10 Mo/sec50 broches
(bus assimétrico ou diferencial)
SCSI-2 - Wide16 bits10 MHz20 Mo/sec50 broches
(bus assimétrico ou diferencial)
SCSI-2 - Fast Wide 32 bits32 bits10 MHz40 Mo/sec68 broches
(bus assimétrico ou diferencial)
SCSI-2 - Ultra SCSI-2
(Fast-20 SCSI)
8 bits20 MHz20 Mo/sec50 broches
(bus assimétrico ou diferencial)
SCSI-2 - Ultra Wide SCSI-216 bits20 MHz40 Mo/sec 
SCSI-3 - Ultra-2 SCSI
(Fast-40 SCSI)
8 bits40 MHz40 Mo/sec 
SCSI-3 - Ultra-2 Wide SCSI16 bits40 MHz80 Mo/sec68 broches
(bus diferencial)
SCSI-3 - Ultra-160
(Ultra-3 SCSI ou Fast-80 SCSI)
16 bits80 MHz160 Mo/sec68 broches
(bus diferencial
SCSI-3 - Ultra-320
(Ultra-4 SCSI ou Fast-160 SCSI)
16 bits80 MHz DDR320 Mo/sec68 broches
(bus diferencial)
SCSI-3 - Ultra-640 (Ultra-5 SCSI)1680 MHz QDR640 Mo/sec68 broches
(bus diferencial)
Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Scsi.pdf

A ver igualmente


SCSI
SCSI
SCSI
SCSI
SCSI
SCSI
SCSI
SCSI
SCSI
SCSI
Este documento, intitulado « SCSI »a partir de Kioskea (pt.kioskea.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.