Kioskea
Pesquisar

Crescimento do Facebook é ofuscado por contas-fantasma

Kioskea quinta 2 de agosto de 2012 - 20:08:22


Um total de 8,7% das contas podem não ser de pessoas

Os últimos dados sobre o crescimento do número de usuários do Facebook mostram que até 83 milhões de identidades podem não ser contas efetivas, devido aos usuários duplicados, às páginas de animais de estimação e às contas feitas para enviar spam.

Os últimos dados sobre o crescimento do número de usuários do Facebook mostram que até 83 milhões de identidades podem não ser contas efetivas, devido aos usuários duplicados, às páginas de animais de estimação e às contas feitas para enviar spam.

O Facebook cresceu no final do segundo trimestre até alcançar os 955 milhões de usuários, mas 8,7% das contas podem não ser de pessoas, segundo dados trimestrais apresentados pela empresa ao regulador americano SEC.

Há desafios inerentes à medição do número de usuários, "apesar de nossos esforços para detectar e suprimir este tipo de comportamento" na rede social, disse a empresa.

Segundo o documento, as contas duplicadas podem representar até 4,8% dos usuários ativos.

Outros 2,4% podem ser empresas ou contas de animais de estimação, enquanto 1,5% correspondem a perfis não desejados, para enviar spam ou iniciar outro tipo de atividades indesejadas.

"Acreditamos que a porcentagem de contas que estão duplicadas ou são falsas é significativamente mais baixa nos mercados desenvolvidos, como Estados Unidos e Austrália, e mais alta nos mercados emergentes, como Indonésia e Turquia", disse o Facebook no comunicado.

"Estamos permanentemente buscando melhorar nossa capacidade para identificar contas falsas ou duplicadas e para estimar o total deste tipo de perfis, e estas estimativas podem ser afetadas pelas melhorias ou mudanças em nossa metodologia", acrescentou a empresa.

O número de usuários efetivos é um tema crítico para o Facebook, à medida que a rede social busca obter receitas com a publicidade na maior rede social do mundo. Alguns analistas expressaram suas dúvidas de que a empresa possa aumentar seus lucros.

© 2012 AFP

Adicionar comentário

Comentários

Adicionar comentário