Kioskea
Pesquisar

Cientista suspeitam de vínculo entre fezes de gato e suicídio feminino

Kioskea sexta 6 de julho de 2012 - 14:29:10


Os humanos correm risco de infecção ao limpar as caixas de areia de seus gatos

As mulheres infectadas com um parasita que se propaga pelas fezes dos gatos correm um maior risco de tentativa de suicídio, sugere um estudo com mais de 45 mil mulheres na Dinamarca, publicado nesta semana nos Estados Unidos.

As mulheres infectadas com um parasita que se propaga pelas fezes dos gatos correm um maior risco de tentativa de suicídio, sugere um estudo com mais de 45 mil mulheres na Dinamarca, publicado nesta semana nos Estados Unidos.

"Não podemos dizer com certeza que o (parasita) Toxoplasma gondii faz com que as mulheres tentem tirar a própria vida", declarou o professor Teodor Postolache da Escola de Medicina da Universidade de Maryland (leste), principal autor do estudo publicado na revista Archives of General Psychiatry.

"Mas encontramos uma associação preditiva entre esta infecção e tentativas posteriores de suicídio que merece estudos adicionais. Planejamos continuar nossa pesquisa sobre esta possível conexão".

Acredita-se que aproximadamente uma em cada três pessoas no mundo esteja infectada com o Toxoplasma gondii, que já se relacionou com a esquizofrenia e com mudanças de comportamento, mas que muitas vezes não produz sintomas, já que se esconde no cérebro e nas células musculares.

Os humanos correm risco de infecção ao limpar as caixas de areia de seus gatos, assim como ao consumir verduras sem lavar, comer carne mal cozida ou crua, ou beber água de uma fonte contaminada.

"O estudo descobriu que as mulheres infectadas com Toxoplasma gondii tinham uma vez e meia mais chances de tentar se suicidar em comparação com aquelas que não estavam infectadas, e o risco parece aumentar com os crescentes níveis de anticorpos de Toxoplasma gondii", afirmou o estudo.

"Ter uma doença mental prévia não parece alterar significativamente os resultados. O risco relativo foi ainda maior para as tentativas de suicídio violentas".

Os possíveis perigos do Toxoplasma gondii foram mencionados na revista americana The Atlantic em março deste ano, em uma nota muito lida sobre o biólogo tcheco Jaroslav Flegr, que suspeita que o parasita está, literalmente, mudando o cérebro humano.

O artigo, um dos mais lidos na história da revista, segundo a publicação, era intitulado: "Como seu gato está te enlouquecendo".

© 2012 AFP

Adicionar comentário

Comentários

Adicionar comentário