Segundo adicional gera falhas na internet

Kioskea segunda 2 de julho de 2012 - 15:32:09


Mulher usa um computador em Pequim em janeiro de 2010

Um ajuste de apenas um segundo no relógio global oficial gerou uma pane em dezenas de websites, em um incidente que lembrou o Bug Y2K, ou Bug do Milênio, há uma década.

Um ajuste de apenas um segundo no relógio global oficial gerou uma pane em dezenas de websites, em um incidente que lembrou o Bug Y2K, ou Bug do Milênio, há uma década.

O chamado "leap second" foi acrescentado ao Horário Universal para sincronizar os relógios com a rotação da Terra na noite de 30 de junho, atrasando em um segundo a transição para 1º de julho.

O segundo adicional foi o suficiente para atrapalhar alguns softwares.

O Reddit, um agregador de links, postou uma mensagem no Twitter, que dizia "Estamos tendo alguns problemas com Java/Cassandra relacionados ao leap second".

Uma nova mensagem do Reddit brincava com a questão: "Você já quis ter um ou dois segundos a mais? Esse não é um desses momentos".

O Mozilla, organização por trás do navegador Firefox, também teve problemas.

"Java está sobrecarregado pelo 'leap second'", disse o engenheiro do Mozilla Eric Ziegenhorn, que notou que alguns servidores que usavam a plataforma Java apresentavam problemas.

As interrupções se tornaram mais intensas quando uma forte tempestade nos Estados Unidos derrubou os servidores da Amazon, que hospedam em nuvem diversas páginas, como o Netflix.

As redes sociais Foursquare e LinkedIn também apresentaram falhas.

"Alguns de vocês podem ter dificuldades em acessar o site. Nossa equipe está trabalhando nisso neste momento. Continue ligado para mais", postou o LinkedIn no Twitter.

O Google tem se preparado para os últimos 25 segundos adicionados desde 1972, já tendo identificado problemas em 2008 e desenvolvido "uma de nossas soluções alternativas mais legais".

A ideia ficou conhecida como "leap smear", segundo o engenheiro do Google Christopher Pascoe.

"Modificamos nossos servidores NTP locais para acrescentar gradualmente alguns milisegundos a cada atualização... Os desenvolvedores do Google não precisam se preocupar com segundos extras", disse.

As falhas lembraram o bug do ano 2000, quando os computadores, desenvolvidos para anos de dois dígitos, como 99 para 1999, tiveram que ser adaptados para quatro dígitos.

© 2012 AFP

Adicionar comentário

Comentários

Adicionar comentário