Kioskea
Pesquisar

Obama apoia bombeiros que combatem incêndio no Colorado

Kioskea sábado 30 de junho de 2012 - 19:23:08


As chamas avançam sobre Waldo Canyon, em Colorado Springs

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu neste sábado à população que apoie os bombeiros que lutam contra o incêndio devastador no estado de Colorado (oeste), que já matou duas pessoas e destruiu mais de 350 casas.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu neste sábado à população que apoie os bombeiros que lutam contra o incêndio devastador no estado de Colorado (oeste), que já matou duas pessoas e destruiu mais de 350 casas.

Até o momento, apenas 30% do incêndio está sob controle, após a destruição de 6.830 hectares, segundo o comandante dos bombeiros Rich Harvey.

A temperatura elevada e a baixa umidade na região de Colorado Springs dificultavam os trabalhos dos 1.300 homens que combatem as chamas, auxiliados por aviões especializados.

"Ouvimos que as condições meteorológicas não vão em um bom sentido: mais calor, menos umidade e ventos que podem mudar de direção", assinalou Rich Harvey.

Em seu programa semanal de rádio, Obama destacou que "devemos lembrar o que fazem todos os dias e continuar demonstrando apoio a nossos socorristas, a nossas equipes do serviço de gestão de catástrofes, nossos bombeiros, nossos militares, a todos que contribuem diariamente para nossa liberdade e segurança".

Obama visitou Colorado Springs, onde comprovou com o "coração destroçado" os danos provocados pelo gigantesco incêndio: prédios, casas e carros calcinados.

O presidente destacou que os bombeiros combatem as chamas trabalhando 18 horas por dia.

Segundo o diretor do serviço de águas e bosques Jeri Marr, "estamos satisfeitos com o difícil trabalho realizado" pelos bombeiros, "mas hoje será o dia "D" devido às condições climáticas.

As operações de busca prosseguem para tentar localizar eventuais vítimas entre os escombros de casas destruídas na periferia de Colorado Springs.

O incêndio, deflagrado no dia 23 de junho, já é o maior registrado na história do Colorado em relação aos prejuízos causados.

Além dos dois mortos e das 347 residências destruídas, o incêndio levou à evacuação de 36 mil pessoas.

© 2012 AFP

Adicionar comentário

Comentários

Adicionar comentário