Pesquisar

Obama visita área atingida por incêndio no Colorado e polícia procura vítimas

Kioskea sexta 29 de junho de 2012 - 19:38:02


O presidente americano, Barack Obama (C), conversa com bombeiros durante visita a àrea afetada por incêndio em Colorado Springs

O presidente americano, Barack Obama, visitou nesta sexta-feira os restos de um vasto incêndio no Colorado (oeste), que deixou um morto e queimou centenas de casas, enquanto polícia e bombeiros procuravam vítimas em meio às cinzas.

O presidente americano, Barack Obama, visitou nesta sexta-feira os restos de um vasto incêndio no Colorado (oeste), que deixou um morto e queimou centenas de casas, enquanto polícia e bombeiros procuravam vítimas em meio às cinzas.

O incêndio, que teve início no sábado e chegou esta terça-feira à cidade de Colorado Springs, destruiu 346 moradias, forçou a evacuação de 36.000 pessoas e deixou pelo menos um morto, segundo autoridades. O fogo ainda ameaça 20.000 casas e 160 prédios comerciais.

O presidente foi ao Colorado para avaliar danos e incentivar os bombeiros após ter declarado a região afetada "área de desastre".

Enquanto isso, equipes de resgate e emergência buscavam restos humanos em meio às cinzas das casas destruídas no incêndio, denominado Waldo Canyon Fire, surgido inicialmente em uma área florestal nos arredores de Colorado Springs.

A caravana presidencial percorreu ruas com casas completamente incendiadas e tubulações derretidas por onde jorrava água.

O presidente, que se mostrou impressionado com os danos, apontou três casas que estavam de pé em meio à destruição: "O que fizeram para proteger estas casas?", perguntou a um grupo de bombeiros.

Um dos homens explicou que encharcou as casas com água, mas que precisou tomar a decisão de deixar que algumas queimassem.

"Digo-lhes uma coisa, vocês fizeram uma grande diferença na vida destas famílias", disse Obama aos bombeiros.

Na quinta-feira, o prefeito da cidade, Steve Bach, declarou que as chamas reduziram a cinzas 346 residências.


Incêndio em Colorado Springs

O presidente foi ao Colorado para avaliar danos e incentivar os bombeiros após ter declarado a região afetada "área de desastre".

O chefe de polícia de Colorado Springs, Peter Carey, disse à imprensa na noite de quinta-feira que um corpo havia sido encontrado entre os escombros provocados pelas chamas nos arredores desta cidade, deixando uma primeira vítima fatal desde que começou este incêndio voraz, no sábado.

A polícia procura agora pelo menos 10 desaparecidos.

O incêndio, que arrasou 6.700 hectares, é o pior desastre que Colorado sofreu em sua história em termos de residências destruídas.

Na sexta-feira, as causas do desastre continuavam desconhecidas e o incêndio estava controlado em 15%, segundo o Sistema Nacional de Informação de Incidentes.

Cerca de 40 incêndios afetam atualmente o oeste dos Estados Unidos, submetido a temperaturas de calor extremo. Os mais importantes se observam nos estados de Colorado, Utah, Montana, Novo México e inclusive o Alasca.

© 2012 AFP

Adicionar comentário

Comentários

Adicionar comentário