Kioskea
Pesquisar

Debby chega ao continente pelo golfo da Flórida

Kioskea terça 26 de junho de 2012 - 20:17:41


Imagem de satélite da tempestade tropical Debbye

A tempestade tropical Debby chegou ao continente esta terça-feira perto da cidade de Steinhatchee, no Golfo a noroeste da Flórida (sudeste) e continua ameaçando com inundações em várias cidades do centro do estado, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC), em Miami.

A tempestade tropical Debby chegou ao continente esta terça-feira perto da cidade de Steinhatchee, no Golfo a noroeste da Flórida (sudeste) e continua ameaçando com inundações em várias cidades do centro do estado, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC), em Miami.

Apesar de as autoridades terem feito chamados de evacuações em vários balneários por precaução diante do eventual transbordamento de rios e inundações pelas ondas em estradas e áreas residenciais próximas do mar, foi suspenso o alerta de tornados para o centro da Flórida.

"Debby entrou no continente perto de Steinhatchee, (mas) as ameaças e inundações continuam pela costa e o interior do estado" no noroeste e no centro do estado, relatou o informe do NHC, publicado às 21H00 GMT (18h00 de Brasília).

De acordo com o informe meteorológico, o fenômeno se deslocava com ventos máximos sustentados de 65 km/h a 55km/h ao norte e noroeste de Key Cedar na Flórida, entre os balneários de praia no México e Englewood na zona conhecida como o Golfo da Flórida, no centro-oeste do estado.

A tempestade que levou ao sul da Flórida um calor úmido, ondulação mais forte e céu nublado, continua sendo uma ameaça para o estado do sudeste do país, disse na manhã desta terça-feira o governador Rick Scott em mensagem por rádio, um dia depois de ter declarado o estado de emergência em áreas afetadas ao norte, perto da fronteira com o Alabama.

Está previsto que Debby provoque um acúmulo de água entre 25 e 50 centímetros de altura, além de criar as condições climatológicas que dão origem aos tornados.

Na tarde desta segunda-feira já tinham se formado ao norte e ao centro do estado e alguns meios locais relacionaram a morte de uma mulher a estes ciclones. No entanto, nenhuma autoridade confirmou que esta vítima estivesse diretamente relacionada ao tornado.

Por enquanto, o governo da Flórida, assim como a Agência Federal de Gestão de Emergência, pediu aos povoados que vivem nas zonas costeiras do noroeste da Flórida precaução diante da imprevisível evolução de Debby.

© 2012 AFP

Adicionar comentário

Comentários

Adicionar comentário