SpaceX: primeira empresa privada a acoplar nave à ISS

Kioskea sexta 25 de maio de 2012 - 17:24:52


Imagem de vídeo da Nasa mostra o braço mecânico da ISS preparando-se para agarrar a cápsula Dragon da SpaceX

A empresa americana Space Exploration Technologies, ou SpaceX, se tornou nesta sexta-feira a primeira companhia privada a acoplar uma nave à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), ao conseguir atracar sua cápsula Dragon ao laboratório orbital.

A empresa americana Space Exploration Technologies, ou SpaceX, se tornou nesta sexta-feira a primeira companhia privada a acoplar uma nave à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), ao conseguir atracar sua cápsula Dragon ao laboratório orbital.

A empresa foi fundada em 2002 por Elon Musk, sul-africano de 40 anos naturalizado americano, que fez sua fortuna, estimada atualmente em US$ 2 bilhões, na internet. Musk foi co-fundador, em 1998, da empresa online PayPal, logo transformada no primeiro sistema mundial de pagamentos online, vendida para o eBay em 2002.

O objetivo de Musk ao fundar a SpaceX foi revolucionar o transporte espacial para um dia permitir a vida em outros planetas, como Marte.

O Falcon 1, protótipo de foguete espacial da SpaceX, foi o primeiro lançador privado, desenvolvido e propulsado por motores de combustível líquido a alcançar a órbita terrestre.

A versão mais potente, o Falcon 9, fez dois voos bem sucedidos consecutivos em junho e dezembro de 2010, e um terceiro nesta terça-feira para por em órbita a cápsula Dragon a caminho da ISS.

O segundo voo da Falcon 9 já tinha sido um momento histórico porque pela primeira vez um foguete privado poderia por em órbita uma cápsula, a Dragon, que depois voltaria sã e salva à Terra.

Graças a seu êxito, a SpaceX foi selecionada pela Nasa para realizar doze missões de carga à ISS sob um contrato de US$ 1,6 bilhão.

Em abril de 2011, a Nasa concedeu outro contrato de US$ 75 milhões para preparar a cápsula Dragon para transportar astronautas à ISS.

A SpaceX também se consolida com sucesso no mercado mundial de lançamento de satélites, com mais de 40 contratos de lançamento já assinados, que representam US$ 4 milhões.

A empresa também anunciou um projeto para desenvolver um novo Falcon, que seria o foguete mais potente do mundo, capaz de por em órbita 53 toneladas de peso.

A SpaceX é uma empresa de capital fechado, mas seus diretores e funcionários detêm participações minoritárias em vários fundos de investimento, com o Valor Equity Partners.

A companhia, que tem mais de 1.700 funcionários, tem sede em Hawthorne, Califórnia.

As plataformas de lançamento ficam na Base da Força Aérea em Cabo Cañaveral, Flórida (sudeste), e na Base da Força Aérea em Vandenberg, Califórnia (oeste); o centro de desenvolvimento de foguetes é em McGregor, Texas (centro-sul), e os escritórios em Chantilly, Virgínia (leste) e na capital americana, Washington DC.

© 2012 AFP

Adicionar comentário

Comentários

Adicionar comentário