Kioskea
Pesquisar

Terremoto em Mianmar deixou pelo menos 75 mortos

Kioskea sexta 25 de março de 2011 - 09:01:34


Enormes crateras provocadas pelo terremoto em Tachikek, nordeste de Mianmar

O terremoto de 6,8 graus que afetou o leste de Mianmar na quinta-feira à noite deixou pelo menos 75 mortos e 110 feridos, segundo o balanço mais recente do governo, que teme um número de vítimas ainda maior, já que as equipes de socorro não conseguiram chegar a todas as áreas afetadas.

O terremoto de 6,8 graus que afetou o leste de Mianmar na quinta-feira à noite deixou pelo menos 75 mortos e 110 feridos, segundo o balanço mais recente do governo, que teme um número de vítimas ainda maior, já que as equipes de socorro não conseguiram chegar a todas as áreas afetadas.

O terremoto aconteceu em pleno triângulo de ouro, entre Mianmar, Tailândia e Laos, uma zona montanhosa de difícil acesso mas onde existe um comércio ativo entre os três países.

O tremor foi particularmente violento nos vilarejos situados entre as cidades de Tashilek e Kentung, onde foram registradas todas as vítimas birmanesas até o momento e de onde chegam poucas informações.

Outras áreas muito afetadas foram Tarlay e Mine Lin.

"As estradas estão fechadas. Segundo nossas informações, mais de 130 edifícios desabaram", declarou uma fonte do governo que pediu anonimato.

Do lado tailandês, uma mulher de 52 anos morreu no distrito de Mae Sai, perto da fronteira.

O epicentro do tremor, que aconteceu a 10 km de profundidade, foi localizado pelo Instituto Geofísico dos Estados Unidos (USGS) perto das fronteiras com Tailândia e Laos, 90 km ao norte de Chiang Rai e a 235 km de Chiang Mai (nordeste da Tailândia).

Chris Herink, diretor em Mianmar da organização humanitária World Vision, que possui cerca de 30 empregados na zona, informou que durante a manhã ocorreram diversas réplicas.

"Não me parece que haja danos de infraestrutura castróficos, apesar de muitos imóveis apresentarem fissuras. Mas há preocupações pelas zonas rurais", afirmou à AFP por telefone.

O terremoto, que foi sentido numa zona muito extensa, provocou cenas de pânico. Também foram sentidos movimentos telúricos em Bangcoc, Naypyidaw, a capital birmanesa situada a centenas de quilômetros mais ao sul, assim como Vientiane.

Em Luang Namtha, no norte do Laos, igualmente houve tremores, de cerca de dois minutos, segundo indicou Adrian Schuhbeck, um trabalhador alemão.

No Vietnã, as sacudidas foram sentidas em Hanói assim como em várias localidades do norte, incluindo a pequena cidade montanhosa de Dien Bien Phu, a 350 km do epicentro.

"Vários prédios tremeram no norte do Vietnã e Hanói, e isso causou certo pânico nas pessoas", comentou Le Huy Minh, subdiretor do Instituto Nacional de Geofísica.

A Rádio Nacional da China confirmou, por sua parte, que o tremor foi sentido na província de Yunnan (sudoeste). O terremoto provocou rachaduras em casas e escolas. O temor da ocorrência de réplicas fez inúmero habitantes passarem a noite na rua.

Não foi lançado alerta de tsunami porque o terremoto ocorreu longe do mar, no interior da terra.

© 2011 AFP

Adicionar comentário

Comentários

Adicionar comentário