Kioskea
Pesquisar

Índia disposta a assinar meta para o clima sob condições

Kioskea sábado 28 de novembro de 2009 - 12:30:07


Chaminés de exaustão liberam fumaça em fábrica de Kolkata, Índia

O primeiro-ministro da Índia, Mahmohan Singh, afirmou neste sábado que seu país está disposto a comprometer-se com um objetivo de redução das emissões de dióxido de carbono (CO2) desde que dentro de um acordo "justo" compartilhado.

O primeiro-ministro da Índia, Mahmohan Singh, afirmou neste sábado que seu país está disposto a comprometer-se com um objetivo de redução das emissões de dióxido de carbono (CO2) desde que dentro de um acordo "justo" compartilhado.

"A Índia está disposta a assinar um ambicioso acordo global para a redução das emissões (dos gases que provocam o efeito estufa) ou limitar o aumento da temperatura, mas isto deve ser acompanhado por um compromisso compartilhado", declarou Singh em Trinidad e Tobago, segundo um comunicado divulgado em Nova Délhi.

Singh está na capital de Trinidad e Tobago para a reunião de cúpula da Commonwealth (Comunidade Britânica), centrada principalmente na questão climática por conta da Conferência da ONU sobre as mudanças climáticas, que acontecerá de 7 a 18 de dezembro em Copenhague.

Singh não divulgou dados concretos.

Com 1,2 bilhão de habitantes, a Índia é o único dos principais emissores de CO2 do planeta que ainda não anunciou metas em números para a redução dos gases que provocam o esfeito estufa.

Os canais de televisão CNN-IBN e Times Now anteciparam neste sábado, citando o ministro indiano do Meio Ambiente, Jairam Ramesh, reduções de 20 a 25%. Mas uma fonte do ministério disse não estar a par do compromisso.

A China anunciou na quinta-feira pela primeira vez um objetivo de redução em números de suas emissões de gases que provocam o efeito estufa de 40% a 45% em 2020 na comparação com o nível de 2005. Um dia antes, o governo dos Estados Unidos apresentou, com o mesmo ano de referência, metas de redução as emissões de 17% até 2020 e 42% até 2030.

© 2009 AFP

Adicionar comentário

Comentários

Adicionar comentário