Kioskea
Pesquisar
Faça uma pergunta »

M-comércio*: 24% dos resultados do e-comércio em 2017?

Março 2015


Muito fracos ainda atualmente, os resultados do comércio nos dispositivos móveis deveriam decolar significativamente no horizonte de 2017. Ao ponto de representar um quarto dos resultados totais das atividades do comércio eletrônico, de acordo com um relatório publicado por ABI Research.

Mesmo que ele represente uma parte ainda modesta dos resultados do e-comércio, o m-comércio cresce atualmente velozmente, muito mais rápido que o comércio eletrônico clássico, indica ABI Researc. Um fenômeno que resulta principalmente da otimização e da integração das aplicações móveis, plataformas de e-comércio, para quem o comércio em dispositivos móveis atingiu um "ponto de balanceado em 2011". Um fenômeno que resulta principalmente de otimização das aplicações móveis, plataformas de e-comércio, e diferentes serviços, que funcionam no mesmo eco sistema.

A taxa de adoção rápida dos smartphones « nos mercados maduros e também nos mercados emergentes », bem como a integração de estratégias de vendas multicanais pelas marcas e lojas que competem com a venda na internet, justificaria uma projeção surpreendente de ABI Research : a saber que o M-comércio deveria representar 25% dos resultados eletrônicos daqui 5 anos.
  • M-comércio: comércio feito em dispositivos móveis como os iPas, Smartphones, etc.


Resumo do estudo da ABI Research

Tradução feita por Ana Spadari

Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
M-comercio-24-dos-resultados-do-e-comercio-em-2017.pdf

A ver igualmente

Na mesma categoria

Publicado por ninha25.
Este documento, intitulado « M-comércio*: 24% dos resultados do e-comércio em 2017?  »a partir de Kioskea (pt.kioskea.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.