Faça uma pergunta »

Poteger seu smartphone

Maio 2015

Malwares, trojans, falhas, vulnerabilidades, negligência dos usuários: os incidentes e probemas de segurança que afetam as plataformas móveis teem se multiplicado nos últimos meses. Se nem todos os smartphones foram afetados da mesma maneira, eles constituem um novo alvo para os cibercriminosos]. Neste contexto, a protecção de dados móveis representam um grande problema econômico para as empresas. Aqui está um breve resumo das várias ameaças dirigidas aos sistemas operacionais móveis, algumas dicas para minimizar o risco de roubo de dados e aplicativos para proteger o seu smartphone.


Smartphones e crime cibernético em 2011

Android OS


De acordo com um estudo recentemente publicado pela Juniper Networks, uma agência de pesquisa especializada em marketing móvel, o número de malwares visando Android OS teria aumentado de 400% desde o Verão de 2010. Novas vulnerabilidades são ilustradas pela presença de dezenas de aplicativos infectados no Android Market, em março do ano passado. Estas infecções permitiam forçar o aparelho a discar números com valores bem mais altos, sem o conhecimento do usuário, ou recuperar dados de identificação.

BlackBerry OS, Windows Mobile e Symbian


Essas três plataformas foram recentemente vítimas do malware Zeus, um aplicativo malicioso e suas variantes. Recentemente, o BlackBerry OS tem sido alvo da variante BBOS_ZITMO.B: este trojan pode, principalmente, bloquear ou desbloquear chamadas telefônicas, apagar, mover ou simplesmente ler os SMS. Também é possível adicionar uma conta de administrador, desligar e ligar o aparelho.

Apple iOS


Várias vulnerabilidades identificadas recentemente e corrigidas desde então: incluindo uma que pode ignorar o bloqueio por senha de qualquer modelo de iPhone após a realização de uma série de manipulações. No ano passado, outras falhas relacionadas à vulnerabilidade do navegador Safari durante a leitura de arquivos PDF maliciosos também foram revelados.

Proteger seu smartphone: boas práticas

  • Sempre que possível, efetuar atualizações do seu Sistema Operacional por que, em geral, as novas versões corrigem diversas falhas e vulnerabilidades identificadas nas versões anteriores.
  • Ativar a proteção por senha. Por padrão, garantir uma proteção mínima por código PIN (geralmente limitado a 4 caracteres).
  • Usar os recursos de segurança adicionais: nas versões recentes do sistema operacional do Android, é possível criar um "mapa de desbloqueio" personalizado usando a interface tátil.
  • Geolocalizar e/ou excluir dados do seu smartphone extraviado roubado ou perdido: os aplicativos gratuitos Find My iPhone (a partir de iOS 4.2), BlackBerry Protect podem localizar o seu smartphone perdido, remotamente e, excluir dados dele. Android OS oferece vários aplicativos do mesmo tipo, como o iTAG, o Prey, o WaveSecure, o Antidroidtheft e o Lookout mobile security.
  • Sincronizar o seu smartphone com um computador e/ou serviço de backup: Para restaurar seus dados em caso de roubo ou perda. Através do:
    • iTunes para o iPhone (não salva os e-mails),
    • BlackBerry Desktop Software para o BlackBerry.
    • O Android OS permite que você sincronize os dados do seu smartphone com esses aplicativos em cloud como o Google Contact e, oferece vários aplicativos de backup para baixar: como o Sprite Backup 2.4 (1 GB de armazenamento gratuito), que pode se conectar ao serviço de backup on-line, como o Dropbox ou o Box.net.
    • Os dados armazenados no Windows Phone 7 podem ser sincronizados com um computador e seu cliente do Outlook através do Outlook Hotmail Connector, os dados (endereços de e-mail, calendário, contatos) sendo transferidos para uma conta Windows Live.
    • Observe que o Windows Live Hotmail suporta o Exchange Active Sync, o aplicativo de sincronização de dados da Microsoft (para PC ou servidor remoto) que é particularmente compatível com o Windows Mobile, iPhone e Symbian.
  • Download de aplicativos - já avaliados (positivamente) - nas lojas de aplicativos oficiais de diferentes plataformas móveis.
  • Para se conectar à internet com o Wi-Fi e, em caso de transferência de dados sensíveis, tomar muito cuidado com os acessos públicos não protegidos por senha (ex: nos aeroportos) e preferir as redes criptografadas.
  • Desativar o Bluetooth e o Wi-Fi: estas duas características proporcionam portas de entrada para hackers que tentam assumir o controle de um smartphone remotamente. Desligue- se você não o tiver usando.
  • Esconda seu número de telefone, quando chamado por um destinatário que não é identificado como uma pessoa de confiança, para limitar o risco de spam.

Outros links




Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira
Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Poteger-seu-smartphone.pdf

A ver igualmente

Na mesma categoria

Securing your smartphone
Por jak58 em 31 de maio de 2011
Cómo proteger tu Smartphone
Por Carlos-vialfa em 2 de junho de 2011
Sécuriser son smartphone
Por CommentCaMarche em 31 de maio de 2011
Artigo original publicado por CommentCaMarche. Tradução feita por pintuda.
Este documento, intitulado « Poteger seu smartphone »a partir de Kioskea (pt.kioskea.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.