Faça uma pergunta »

Nexus 7, iPad, Surface... A guerra dos 5 tablets está declarada

Maio 2015



Todos os fabricantes pretendem competir com a Apple e ganhar uma parte desse bolo: os tablets, mas também os aplicativos e serviços pagos relacionados.

Depois do sucesso do iPad da Apple, todos os gigantes do setor entraram de cara na construção de tablet tátil. As vendas mundiais de tablets representaram 14,6 milhões de euros para os três primeiros meses do ano, o que significa um aumento de 185% em um ano, informou a ABI Research. No total, o instituto GFK prevê a venda de 3 milhões de tablets este ano, só na França.

Neste mercado em expansão, a Apple continua ultra-dominante com uma quota de mercado de 62%, de acordo com a empresa de pesquisa IDC. Mas a concorrência está trabalhando a fim de reclamar uma parte cada vez maior. A Samsung estabeleceu-se como número dois com o seu Galaxy Tab, seguido pela Amazon com o Kindle, leitor de livros eletrônicos.

A Microsoft e o Google seguiram. O gigante do software lançou o Surface, tablet tátil original, pois dispõe de um teclado. Quarta-feira, o gigante da web surpreendeu a todos, revelando o Nexus 7, poderoso tablet vendido a preço reduzido. É óbvio que é para o preço que todos os olhares se voltam: quem será o primeiro a lançar um tablet de qualidade "grande público" por um preço menor do que o, ainda bem caro, iPad?

Revisão dos cinco principais tablets que competem no mercado.

Tela


Nos grandes tablets táteis, a tela é primordial. A Apple começou com uma tela de 9,7 polegadas na diagonal (24,6 cm) com, para o último modelo, uma resolução de alta definição - chamado de "retina" - muito superior a todos os modelos concorrentes.

A Microsoft e a Samsung também estão apostando em uma grande tela HD. O gigante do software opta por uma tela de 10,6 polegadas (26,9 cm), enquanto que a Coreana prefere um tablet de 10,1 polegadas (25,6 cm).

A Samsung também oferece um modelo com tela de 7 polegadas (17,8 cm), muito semelhante ao tablet da Amazon. O Google também segue, preferindo aumentar a resolução.

Opções


Sobre os serviços oferecidos, o iPad está no topo, com câmera frontal para vídeo-conferência, mas também na parte de trás da unidade, oferece um GPS, sem falar de conexões 3G, Wi-Fi e Bluetooth. Sua capacidade de armazenamento é de 16 GB a 64 GB.

O Surface tenta acompanhar, com câmeras frontal e dorsal, Wi-Fi, e uma memória de 32 GB a 128 GB. O tablet da Microsoft será equipado, principalmente, de uma bolsa contendo um teclado. Os Galaxy Tab também vai fundo com câmera frontal e dorsal, GPS, 3G, Wi-Fi e Bluetooth, e 13 GB a 32 GB de mmemória.

O Nexus 7 baseia-se nestes irmãos mais velhos com o GPS, câmera frontal, Wi-Fi e Bluetooth, para um armazenamento de 8 a 16 GB.

Enfim, sem câmera, o Kindle Fire fica pra trás com apenas uma conexão Wi-Fi e 8 GB de memória.

Aplicativos


Os diversos concorrentes começaram uma corrida quanto aos conteúdos para propor cada vez mais aplicativos, músicas, filmes, séries, livros, jogos ... Com o iTunes e seu AppStore do, a Apple oferece mais de 500.000 aplicativos gratuitos e pagos, incluindo 200.000 otimizados para o iPad.

O Nexus 7 e o Galaxy Tab abarcaram o sistema Android, que dá acesso à plataforma de download Google Play, que reúne "mais de 600.000 aplicativos e jogos, músicas, filmes e livros".

O Kindle Fire só oferece um acesso à loja online da Amazon, onde são propostos "20 milhões de filmes, seriados, aplicativos, jogos, músicas, livros, jornais, revistas e documentos".

Concluindo, o tablet Surface deverá ter acesso a cerca de 100.000 aplicativos.

Preço e Disponibilidade


Quanto à questão crucial do preço, duas estratégias estão surgindo: o tablet acessível e grande público face ao tablet de alta qualidade.

O Google opta pela a primeira categoria com um Nexus 7 vendido a 199 dólares (160 euros, mais ou menos), que estará à venda a partir de meados de julho apenas nos Estados Unidos, Grã-Bretanha, Canadá e Austrália.

199 US$ é o preço do Kindle Fire, lançado há quase um ano só nos Estados Unidos.

Disponível na França, o Galaxy Tab 7 e 10.1, respectivamente, vão de 299 a 399 euros. O iPad ainda sobe em gama com preços a partir de 489 euros. Para terminar, a Microsoft ainda não anunciou um preço ou disponibilidade para o seu Surface. No entanto, os especialistas sugerem um preço de 599 dólares (cerca de 482 €) e um lançamento conjunto com o Windows 8, após o verão europeu.

Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira
Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Nexus-7-ipad-surface-a-guerra-dos-5-tablets-esta-declarada.pdf

A ver igualmente

Publicado por pintuda.
Este documento, intitulado « Nexus 7, iPad, Surface... A guerra dos 5 tablets está declarada  »a partir de Kioskea (pt.kioskea.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.