Pesquisar
Faça uma pergunta »

GarageBand : Magic GarageBand

Março 2015



Esta opção pede ao GarageBand para criar um projeto automaticamente. É mais fácil para começar e é uma excelente base para explorar e testar diferentes técnicas de trabalho deste aplicativo. Depois disso, será mais fácil para você criar seus projetos musicais de A a Z.
  • 1. Escolha o menu Arquivo > Novo e clique em Magic GarageBand no seletor de projetos.
  • 2. Ouça os diversos estilos de música oferecidos, posicionando o ponteiro neles e clicando no botão de Prévisualização. Clique no estilo que quiser e no botão Selecionar.

Os instrumentos utilizados neste projeto aparecem no palco do Magic GarageBand. Esta escolha não é rígida, você pode criar outras combinações de instrumentos para mudar o som e, cada um deles será introduzido no conjunto, com uma gravação adequada ao estilo da música escolhida.
Você também poderá adicionar suas próprias gravações e o GarageBand até propõe um sintonizador para a sua guitarra!

Escolher outros instrumentos


Se você não tem uma ideia clara do grupo de instrumentos a ser utilizado, teste rapidamente as diversas combinações propostas pelo computador:
  • 1. Clique no palco para que nenhum instrumento seja selecionado.
  • 2. Clique no botão Instrumentos aleatórios.
  • 3. Ouça a música selecionando Pedaço ou Música inteira e, depois, clicando no botão de reprodução ou na barra de espaço. Você pode muito bem mudar a orquestração durante a leitura da música.
  • 4. Para encontrar o grupo de instrumentos original, clique em Recomeçar.

Para alterar um dos instrumentos, clique nele no palco e, depois, naquele que você prefere, na linha que aparece no palco. Obviamente, os instrumentos propostos desempenham o mesmo papel que em uma orquestra. Se você clicar na percussão, por exemplo, você obterá a lista da figura abaixo.

Verifique a orquestração pressionando o botão de leitura novamente.

Se você não toca nenhum instrumento e só quer criar a música a partir dos recursos do GarageBand, clique na área iluminada no centro da sala (Meu instrumento) e no botão "No instrument", no canto inferior direito da janela.

Para escolher seu instrumento, consulte a seção Tocar com o Magic GarageBand. Depois de escolher os instrumentos, clique em Abrir no GarageBand.

Alterar as faixas do projeto


A música aparece no plano de montagem do GarageBand, pronta para ser modificada. Cada instrumento tem sua própria faixa. Para "dissecar" a música e ouvir cada componente, ouça as faixas individualmente: clique no botão representado por um capacete na cabeçalho da faixa. É mais rápido do que desativar o som de todas as outras faixas, clicando no botão com um alto-falante bloqueado. Clique no botão de leitura ou na barra de espaço.

A posição das faixas no plano de montagem não é fixa. Por exemplo, você pode reunir todos os instrumentos de percussão ou todos os instrumentos de sopro.

Para mover uma faixa verticalmente, arraste o seu cabeçalho para cima ou para baixo. Claro, isso não afeta o som da música em nada.

Para alterar a música, você pode apagar ou adicionar faixas e editar as sequências que elas conteem. A manipulação das sequências será detalhada na próxima seção.

Para excluir uma faixa, clique em seu cabeçalho e selecione o menu Faixa > Apagar a faixa.
Para adicionar uma nova faixa:
  • 1. Clique no botão Criar uma faixa, no canto inferior esquerdo da janela ou, escolha o menu Faixa > Nova Faixa.
  • 2. Escolha o seu tipo de faixa na janela que aparece.
  • 3. Clique no triângulo ao lado da opção "Definir o instrumento" e selecione a entrada de áudio adaptada à faixa e, o canal de entrada para as faixas de instrumentos reais ou guitarra, na seção "Meu instrumento está conectado a".
  • 4. Marque a opção "Quero ouvir meu instrumento tocando durante a gravação" se você quiser ouvir o som da faixa enquanto você grava.
  • 5. Escolha a saída de áudio na seção "Eu ouço o som a partir de".
  • 6. Clique em Criar.

Uma nova faixa vazia aparece no plano de montagem e a subjanela de informações de faixa aparece.
  • 7. Na subjanela de informações de faixa, selecione uma categoria de instrumentos à esquerda, e um instrumento na coluna da direita. No caso de uma faixa de guitarra, selecione o ajuste apropriado na parte superior do painel de informações de faixas.

NB: Se necessário, mude o nome de suas faixas clicando duas vezes no seu nome, no cabeçalho da faixa. Quando o nome aparecer realçado, digite o novo nome.

Adicionar sequências


As sequências apresentadas em seu projeto Magic GarageBand são azuis, então, trata-se de instrumentos reais com base em um loop.
Saiba que uma faixa é exibida abaixo da régua de batidas. Esta é a faixade arranjos que você mostra/oculta usandoo menu Faixa > Mostrar/Ocultar a faixa de arranjos. Esta faixa contém um certo número de sequências de arranjos chamados de verso1, Verso2, Ponte, etc.
As sequências de arranjo são agrupamentos lógicos de sequências, que podem corresponder a determinados setores do projeto como um verso ou um refrão. Você os move para o plano de montagem, arrastando a sua representação para a faixa de arranjo e, reorganiza o projeto. Simples e rápido.
Para entender como manipular as sequências, vamos adicionar uma faixa rítmica ao nosso projeto Magic GarageBand buscando loops pré-gravados do GarageBand na biblioteca.
  • 1. Clique no botão Navegador de loops para abrí-lo.
  • 2. Clique no botão Todas baterias para exibir apenas as baterias.
  • 3. Arraste a barra de rolagem para a direita do painel inferior para ver todos os loops disponíveis (o seu número está marcado no canto inferior direito do painel). Um ícone em forma de nota verde à esquerda do nome de um loop indica que se trata de um loop de instrumentos de softwares, um ícone representando um osciloscópio azul indica um loop de instrumentos reais. Ao clicar sobre o cabeçalho de uma coluna, você classifica os loops em função dessa coluna.

Clique nos loops para ouví-los, e use a caixa de seleção Fav para marcar os que te interessam.
  • 4. Localize o loop Hip Hop Beat 01 e arraste-o para baixo da última faixa do projeto: uma nova faixa intitulada batidas é criada automaticamente.
  • 5. Para aumentar a duração desta sequência, vamos colocá-la em um loop e prolongá-la para adaptar a sua duração à das sequências acima. Coloque o ponteiro no canto superior direito (ele se transformará em um ponteiro de loop) e, em seguida, arraste-o até que atinja o fim da primeira sequência de arranjo.
  • 6. Ouça a sequência prolongada desativando o som de outras faixas. O rítmo é bastante interessante mas, repetitivo depois de um tempo. Assim sendo, você adicionará duas outras sequências de bateria para tocar após a primeira.
  • 7. Escolha outro loop interessante e arraste-o para o plano de monatgem para posicioná-lo depois da sequência anterior: uma linha vertical preta aparecerá para ajudá-lo a posicionar o loop corretamente.

NB: Você não pode armazenar na mesma faixa loops de tipos diferentes. Se você quiser concatenar loops de instrumentos de software e loops de instrumentos reais, utilize várias faixas, como nesta imagem.

Escolha um terceiro loop e arraste-o para depois do segundo.

As três sequências de bateria que foram alinhadas não cobrem a duração da música. Copiando e colando suas sequências, você as duplica facilmente, sem ter que retornar para o navegador de loops.
Para copiar uma sequência, selecione-a e pressione Cmd+C ou faça Editar > Copiar.

Para colar uma sequência, selecione a faixa que você quer colar e mova o indicador de reprodução para o local desejado. Pressione Cmd+V ou faça Editar > Colar.
Duplique as três primeiras sequências para cobrir a duração da música e ouça a música ativando o som de todas as faixas novamente. Se você estiver satisfeito, é hora de passar para a fase de mixagem. Caso contrário, teste outras sequências que você considere mais adequadas à música.

Mixar


Depois de montar as sequências, você pode mixar, ou seja, ouvir a música e ajustar os diversos componentes de forma a equilibrar o conjunto e obter o efeito desejado.
Esta operação é feita em várias etapas que, geralmente, consistem em:
  • Determinar o volume relativo de cada faixa;
  • Ajustar o panorâmico (o alto-falante através do qual o som deve sair) ;
  • Adicionar efeitos;

Vamos começar pelo ajuste do volume e do pan:
  • 1. É preciso ajustar o volume das faixas entre elas para harmonizar os seus níveis. Todos os elementos devem ser perceptíveis mas, a ênfase, sobre as boas pistas.

Por padrão, o controle de volume é definido em 0 dB (decibéis) para todas as faixas. Clique no cursor e arraste-o, para a direita, para aumentar o volume ou, para a esquerda, para diminuí-lo. Você pode ajustar o volume de uma faixa a qualquer momento, quando o indicador de reprodução estiver parado ou quando a música estiver sendo reproduzida.

NB: Os VU-metros (volume unitário de metros) mostrados acima da barra de volume no cabeçalho da faixa controlam o poder do som: se eles alcançarem o nível vermelho, podem ocorrer distorções de som com a maioria dos equipamentos de áudio.

Quanto mais baixo o nível de som, mais a barra colorida é curta. Se a cor da barra estiver verde, o nível sonoro está em uma gama moderada, não muito forte. Se a cor muda de verde para amarelo, isto significa que o volume sonoro está se aproximando de um nível excessivo. Se a barra ficar vermelha, você deverá diminuir o volume imediatamente.

Os indicadores (dispositivos de controle) à direito de VU-metro, chamados de indicadores de clipping (recorte), ficam vermelhos quando o volume excede o nível máximo, causando distorção ou recorte. Eles ficam ligados assim para lembrá-lo de que é necessário ajustá-lo. Depois de ter resolvido o problema, clique nele para reiniciar.

Mova os controles deslizantes de volume para equilibrar o resultado das diversas faixas. Pressione a tecla Opções enquanto clica no cursor, para voltar à posição neutra, isto é, para um ganho de 0 dB. Mantenha a tecla Shift pressionada para mover o cursor com mais precisão.
  • 2. Agora, vamos definir o pan. Use a roda do pan de cada cabeçalho de faixa para definir a direção do som. Por padrão, todas as faixas no GarageBand teem suas balanças definidas em zero (o centro). O som é dividido igualmente entre os dois alto-falantes, como se estivesse sendo emitido na sua frente, no meio do palco.


Gire a roda para a esquerda para direcionar o som para a esquerda do campo estéreo, gire-a no sentido contrário para direcionar o som para a direita. Como para os cursores de volume, pressione a tecla Opções enquanto clica no botão de rolagem, para trazer o pan para o centro e, mantenha a tecla Shift pressionada, para ajustar com mais precisão.

Dica: Faça este ajuste com um fone de ouvido: será bem mais preciso.
Depois de definir o volume das faixas, você pode ajustar o volume principal, ou seja, o volume do projeto, tal como ele será exportado. Ao aumentar o volume, você reduz o ruído de fundo, mas você deverá ter cuidado para não criar saturação.
  • 1. Arraste o controle deslizante do volume principal (à direita do metrônomo, na barra de ferramentas) para a esquerda para diminuir o volume de saída e, para a direita, para aumentá-lo. Clique neste cursor, mantendo a tecla Opções pressionada, para voltar para um valor neutro (0,0 dB).
  • 2. Controle o nível indicado no "VU-metro" exibido acima (ver explicação acima, nesta seção).


Para concluir, você pode aplicar um Fade Out a fim de diminuir lentamente o volume, antes do final da música:
  • 1. Escolha o menu Faixa > Fade Out.
  • 2. A faixa principal aparece com o cabeçalho definido com o volume principal. A curva apresentada no centro da janela é a curva de automação deste volume. Você pode variá-lo, clicando na curva, para criar pontos de controle e movendo-os para cima ou para baixo. O comando Fade Out adiciona pontos de controle no final da música e diminui gradualmente a curva nos últimos 10 segundos.
  • 3. De vez em quando, mova os pontos de controle adicionados para modificar o efeito padrão aplicado: ouça depois, cada mudança, colocando o indicador de reprodução antes do início do fade.

Adicionar efeitos


O último passo consiste em adicionar efeitos para melhorar o som da música. Em um projeto GarageBand, cada faixa já comtém um conjunto de efeitos integrados, que aparecem no painel de informações da faixa. Clique na guia Editar:

A faixa acima, por exemplo, contém os efeitos Porta de ruído que minimiza os barulhos de baixo nível, redução do graves, Compressor, e Amplificador de expressão. Você ativa/desativa um efeito clicando na caixa retangular à esquerda do efeito.

A biblioteca do GarageBand oferece uma grande quantidade de efeitos de qualidade profissional para cada instrumento e você pode ajustar cada um destes efeitos, alterando suas configurações. Os principais efeitos propostos são:
  • Porta de ruído: este efeito é automaticamente adicionado às pistas de instrumentos reais e de guitarra (ele não está disponível em outros tipos de faixas). Ele reduz um ruído de baixo nível, cortando o som assim que ele passa de um certo nível sonoro (ver seu uso abaixo).
  • Compressor: este efeito define o volume da música para suavizar as mudanças bruscas de volume. A compressão enriquece o som de uma faixa ou de uma música quando o resultado é demasiado "monótono".
  • Distorção: este efeito muda o tom original para reproduzir uma distorção analógica ou digital.
  • Eco (Principal): como o próprio nome indica, um efeito de eco repete um som como se ele "pulasse" nas paredes circundantes.
  • Equalizador: a equalização consiste em alterar o nível de determinadas frequências. Este efeito é muito utilizado e pode transformar completamente o som da música. O equalizador do GarageBand é visual, o que permite alterar graficalmente o efeito caso você não tenha encontrado o ideal entre os vários pré-ajustes disponíveis.


Modulação: os efeitos de modulação, incluindo os coros, flangers e phasers, modificam ou modulam o momento da leitura do sinal copiado. Eles também podem dessincronizar o sinal copiado em relação ao original.

Reverberação (principal) : este efeito simula os reflexos naturais de um som no espaço circundante.

Pedais de efeitos: esses efeitos dizem respeito às faixas de guitarra elétrica. Eles simulam o som dos pedais de efeitos de guitarra mais conhecidos.

Os efeitos Eco principal e Reverberação principal teem um papel especial: eles controlam o grau dos efeitos de Eco e Reverberação na faixa principal sobre as outras faixas. Se você desativar um destes efeitos na faixa principal, eles não estarão mais disponíveis para os diversos instrumentos do projeto.

Comecemos pelo efeito de Porta de ruído. Às vezes, a aplicação de certos efeitos baseia-se na amplificação dos sinais de entrada dos instrumentos reais. Estando todos os sinais amplificados, os ruídos de fundo podem reaparecer durante as passagens silenciosas da música. Neste caso, basta definir o efeito de Porta de ruído até que os sons incomodativos desapareçam:

Reverb (manual): este efeito simula os reflexos naturais de um som no espaço circundante.
  • 1. Clique duas vezes no cabeçalho da faixa em questão para selecioná-la e abrir o painel de Informações da faixa.
  • 2. Passe-a em modo Solo para isolar o som associado (clique no fone de ouvido no cabeçalho da faixa de pressione a tecla S).
  • 3. Clique na caixa retangular à esquerda do efeito para ativá-lo e comece a leitura da música pressionando a barra de espaço.
  • 4. Arraste o controle deslizante para a direita até que os ruídos de fundo desapareçam mas, sem alterar o som do instrumento.


Para testar outros efeitos, sugerimos que você adicione os efeitos de Eco e Equalizador (EQ) a uma das faixas de instrumento do seu projecto Magic GarageBand (ou qualquer outro projeto que você possa ter criado completamente).
  • 1. Passe a faixa para o modo Solo (veja acima).
  • 2. Pressione o botão de looping à direita da tela LCD para ativar a sequência em loop. Este é representado por uma faixa amarela abaixo da régua e ele indica a parte da música em que queremos trabalhar em um determinado momento.
  • 3. Posicione e redimensione a área de sequência em loop para cobrir a primeira sequência da faixa.
  • 4. Pressione a barra de espaço para iniciar a reprodução da sequência. Ouça a sonoridade antes de adicionar efeitos.
  • 5. No painel de informações da faixa, clique no primeiro slot de efeito vazio sob os efeitos já aplicados (a mensagem "Clique aqui para adicionar um efeito" aparecerá).
  • 6. Na lista de efeitos disponíveis, escolha o Eco da faixa. Clique no menu local Padrão, para mostrar todos os prá-ajustes dos efeitos oferecidos pelo GarageBand e outro pacote, que você poderia ter instalado. Clique em dos pré-ajustes para selecioná-lo.
  • 7. Para alterar o pré-ajuste ou o efeito padrão, clique na imagem exibida à esquerda do nome do efeito: a janela Modificar o efeito aparecerá.
  • 8. Arraste os diversos cursores para ajustar o efeito (mantenha a leitura em loop para julgar imediatamente o efeito das diferentes configurações).
  • 9. Escolha Definir como pré-ajuste no menu local se você quiser salvar o novo pré-ajuste, dê-lhe um nome e clique em Salvar. Assim, você poderá reutilizá-lo com outro instrumento ou em outro projeto.
  • 10. Clique novamente no botão de looping para desativá-lo e ouvir a música inteira.

Faça o mesmo para qualquer outro efeito que você gostaria de adicionar ou alterar.

Equalizador visual


O efeito Equalizador visual oferece os seguintes recursos:
Ele separa os graves, os médios baixos, os médios altos e agudos em bandas independentes.
Ele oferece predefinições otimizadas para diferentes usos e para instrumentos específicos.
Ele contém um analisador a partir do qual você pode visualizar as frequências da faixa durante a reprodução, para selecionar aquelas que você vai aumentar ou cortar.

Veja como utilizar o Equalizador visual:
  • 1. Se o efeito EQ Visual estiver desativado, clique no retângulo à esquerda para ativá-lo.
  • 2. Escolha uma predefinição no menu local (com o nome do efeito).
  • 3. Para exibir e ajustar as bandas de equalização individual, clique na imagem à esquerda do efeito EQ Visual. A janela do equalizador visual aparecerá. Posicione o ponteiro em uma das quatro áreas de edição gráfica divididas em quatro faixas (correspondente a graves, médios baixos, médios elevados e agudos) e arraste, para cima ou para baixo, para aumentar ou diminuir o ganho desta banda (a quantidade de frequência a ser aumentada ou cortada). Arraste para a esquerda, ou direita, para alterar a frequência. As alterações aparecerão na tela imediatamente.

Para exibir os valores numéricos de cada banda, clique no triângulo Detalhes: a frequência central e o nível de cada banda são mostrados na tabela. Ajuste os valores, arrastando-os para cima ou para baixo (você também pode clicar duas vezes em um número e digitar um novo valor).
Para exibir a curva de frequência da faixa em tempo real, marque a caixa Analisador e inicie a reprodução do projeto.
Olhando para esta curva, você pode distinguir quais são as frequências mais fortes ou mais suaves e, ajustar as bandas do EQ na tela, em tempo real.
  • 4. No final das configurações, salve o conjunto de parâmetros escolhendo Definir como predefinição, no menu local da janela.

NB: Ao testar diferentes efeitos, você notará que alguns deles produzem efeito, enquanto que outros, não. É que algumas configurações são projetadas para uma categoria específica de instrumentos e elas não são adaptadas para outros tipos de faixas.

Bloquear faixas


Depois de ajustar o volume e os níveis de balanço de todas as faixas musicais é melhor bloquear as pistas terminadas. O bloqueio das faixas é para evitar alterações acidentais. Ele também irá desencadear a renderização da faixa no disco rígido do computador, aliviando assim o CPU e liberando recursos para outras faixas.
  • 1. Escolha o menu Faixa > Mostrar Bloqueio de faixa.
  • 2. Clique no botão Bloquear no cabeçalho da faixa. O cadeado ficará verde para indicar que a faixa já pode ser bloqueada.
  • 3. Clique no botão de leitura na barra de controle: o cadeado que ilustra o ícone na faixa se fecha, para indicar que a faixa está bloqueada.

Se você quiser bloquear apenas uma parte da faixa, clique no botão Truncar da caixa de diálogo de Progresso, que aparece quando a pista está bloqueada. A faixa agora está bloqueada até onde você clicou em Truncar.
Para desbloquear a faixa, basta clicar novamente no botão Bloquear.
  • 4. Escolha o menu Pista > Ocultar o bloqueio da faixa.

Tocar com o Magic GarageBand


Você pode intervir em qualquer projeto Magic GarageBand, gravando com o seu instrumento. É através da faixa Meu instrumento que você vai reproduzir ou gravar uma voz, uma guitarra ou um teclado. Veja como fazê-lo:
  • 1. Clique na área de destaque no centro do palco, para selecionar a faixa Meu Instrumento.
  • 2. Escolha a fonte de entrada do instrumento no menu local My Instrument no canto inferior esquerdo da janela:

Escolha Teclado se você conectar um teclado USB.
Se for tocar com uma guitarra acústica e a gravação passar pelo microfone do computador, selecione Microfone interno.
Escolha Entrada integrada ou Entrada de linha se você ligar um microfone ou uma guitarra diretamente na porta de entrada de áudio do computador.
Escolha o canal numerado adequado se você conectar um microfone ou um instrumento em uma interface de áudio.
Selecione Controle desativado se for gravar através de um microfone e ouvir o projeto através dos alto-falantes do computador. Selecione Controle ativado para ouvir enquanto toca, mas evitando o efeito de retorno.
  • 3. Escolha o seu instrumento na linha abaixo do palco. Se ele não constar, clique em Personalizar, escolha-o na lista que aparece e clique em Concluído.
  • 4. Se você tocar com um teclado, opcionalmente, clique no botão Sintonizador à direita da lista My instrument, para exibir os acordes sobre a barra de controle. Para gravar, clique no botão redondo vermelho. Depois de uma contagem, a gravação começa a partir do início da música ou da seção selecionada.

5. Clique no botão de Leitura no final da gravação para ouvir o resultado.


Tradução feita por Lucia Maurity y Nouira
Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Garageband-magic-garageband.pdf

A ver igualmente

Na mesma categoria

Publicado por pintuda.
Este documento, intitulado « GarageBand : Magic GarageBand »a partir de Kioskea (pt.kioskea.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.