Saber tudo sobre DLNA

Maio 2015
O que significa a sigla DLNA ?

DLNA quer dizer Digital Living Network Alliance, e designa uma aliança de empresas do setor de informática e eletrônica que se reuniram para definir e fazer evoluir uma norma de comunicação standard entre seus diferentes produtos. Criada em 2003, esta organização reúne mais de 245 empresas como AT&T, Cisco, HP, Sony, Microsoft, Panasonic, Nokia, Motorola, Acer, Dell, Logitech, Philips, RIM...

Esta aliança lançou suas primeiras recomendações em matéria de inter operabilidade em junho de 2004. A última versão de suas recomendações data de outubro de 2006, trata-se das DLNA Interoperability Guidelines versão 1.5. Estas recomendações permitem criar redes protegidas conectando terminais móveis, computadores e telas. Para receber o selo DLNA, os produtos devem passar por um programa de certificação.
Como funciona as comunicações respeitando as recomendações DLNA?

O DLNA se apoia sobre as soluções de conectividade de rede já existentes como Ethernet, o Wi-Fi, o Bluetooth, o CPL. Ele permite a qualquer cliente certificado DLNA (leitor Blu-ray, disco rígido externo, aparelho de foto, telefone celular, televisor, computador, tablete...) acessar à distância a elementos de um servidor de conteúdo ele também certificado DLNA. Este servidor de conteúdo pode ser ele também de qualquer tipo, como qualquer DLNA.

Ele utiliza um protocolo de rede UPnP (Universal Plug & Play) para estabelecer redes sem fio de posto a posto, o cliente DLNA detecta os servidores disponíveis e pode fazer pesquisas sobre os conteúdos de tipo mídia, e pode ler à distância. O leitor de mídia pode ser o cliente ou o servidor em função das exigências da mídia. A instalação em rede se faz geralmente via uma aplicação de software dedicado pré-instalado pelo construtor sobre o material certificado DLNA.

Para o que serve?

Na prática, as normas DLNA podem ser utilizadas de diversas maneiras: para partilhar os conteúdo de um disco rígido externo em sem fio entre diversos computadores, para ver suas fotos estocadas no seu aparelho ou seu telefone celular a partir de um a televisão ou um monitor DLNA compatível, para ler a música a de seu MP3 ou de seu celular sobre caixas de som DLNA conectadas ao seu computador, para estocar conteúdo (fotos, músicas, vídeos) sobre um servidor distante, para ler vídeos estocados em seus terminais móveis em seu computador, para imprimir suas fotos de seu celular sem conectar o cabo ou para baixar e ver suas emissões de TV a partir de qualquer terminal.
Sobretudo, o respeito das recomendações DLNA deve assegurar aos consumidores o poder fazer comunicar aparelhos de marcas diferentes, e assim poder se equipar de uma marca padrão para assegurar-se de uma compatibilidade de seus diferentes produtos high-tech.

Tradução feita por Ana Spadari
Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Saber-tudo-sobre-dlna .pdf

A ver igualmente

Este documento, intitulado « Saber tudo sobre DLNA »a partir de Kioskea (pt.kioskea.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.