Kioskea
Pesquisar

Medir a audiência de um website

Março 2015

Medir e classificar a audiência de um site

O objectivo de qualquer webmaster é a audiência do seu site, ou seja, aumentar o número de visitas diárias. É assim indispensável dispor de indicadores que lhe permitem, por um lado, medir a evolução do tráfego do seu site, (“medir de audiência”) e, por outro, classificar essa audiência para fornecer um conteúdo sempre mais próximo das expectativas do seu público.

Assim, distinguem-se geralmente dois tipos de estudos :

  • Os estudos de medida da frequência (em inglês “síte centric”, ou “centrados no site”);
  • Os estudos de classificação do tráfego (em inglês “user centric”, “centrados nos utilizadores”), realizada nomeadamente através de panéis de utilizadores.

A medida de audiência e a classificação do tráfego de um site são meios para medir a eficácia do mesmo, para melhorar a qualidade de maneira permanente.

Como medir a audiência de um site

Existem globalmente três soluções que permitem medir o tráfego de um site Internet :

  • A exploração dos diários (ficheiros de registos) do servidor web por um instrumento específico. Trata-se de escolher um instrumento capaz de analisar os diários de actividade do servidor web e de realizar uma tabela contendo os principais indicadores de frequência do site.
  • O desenvolvimento de um sistema de estatística ad hoc. É possível, num site, armazenar informações relativas ao visitante a cada carregamento de uma página, para poder explorá-las ulteriormente. Para os sites web que possuem um tráfego importante, este tipo de dispositivo pode provocar uma sobrecarga considerável no processador e uma forte taxa de utilização de espaço no disco, nomeadamente se os dados recolhidos forem armazenados num sistema de gestão de dados básico.
  • A utilização de um serviço de “medição de audiência”. Este sistema consiste em inserir em cada página um “indicador” (em inglês “tag”) que permite ao serviço de medição do tráfego recolher os dados num servidor. Este tipo de serviço tem a vantagem de economizar recursos materiais porque o conjunto do processamento é realizado no servidor distante. Além disso, a empresa que propõe o serviço encarrega-se de fazer evoluir os indicadores e o painel de bordo propostos, para estarem constantemente em sintonia com a evolução das tecnologias de acesso à Internet e os navegadores web.
  • Em contrapartida, as estatísticas assim recolhidas não serão necessariaente exaustivas, pois:
    • certos utilizadores param o carregamento da página antes de o código do indicador estar carregado;
    • servidores proxy intermédios podem obstruir o carregamento do indicador;
    • as infra-estruturas de segurança, nomeadamente os dispositivos firewall, podem bloquear aumentar de informações.

Terminologia

A terminologia das estatísticas e indicadores de frequência dos sites é relativamente complexa e frequentemente diferente de um instrumento para o outro. Ora, quando são utilizados para estudos comparativos ou de marketing, os indicadores de audiência fazem sentido apenas quando os termos utilizados correspondem a uma base comparativa comum (“não se comparam couves e cenouras”). É particularmente importante dominar as definições de cada um dos indicadores.

Assim, este dossier tem como objectivo dar sentido aos diferentes termos utilizados no mundo da medição de audiências. A maior parte dos indicadores definidos abaixo provêm dos estudos do CESP (Centro de estudo dos suportes da publicidade).

Hits

Uma página web pode comportar diversos ficheiros, nomeadamente imagens, uma ou várias folhas de estilo, ficheiros Javascript, etc. Um “hit” (em português académico, “impacto web”) corresponde assim a um ficheiro carregado pelo navegador. Uma página web que contém três imagens corresponderá por conseguinte a quatro hits.

Página vista

Chama-se “página vista” (ou “página difundida”) ao carregamento completo de uma página web depois de uma acção do utilizador na página (normalmente, um clique).

A noção de página vista é imprecisa, porque depende muito da arquitectura de cada site. Uma página que contenha quadros (frames) pode assim não ser contabilizada da mesma maneira que uma simples página web.

Sessão

Chama-se sessão ao intervalo de tempos que corresponde a uma consulta contínua de um site. Considera-se como uma interrupção um período de inactividade de mais de 30 minutos.

Visita

Uma visita corresponde à consulta de um site durante uma sessão, independentemente do número ou do volume das páginas consultadas.

Uma visita só é contabilizada com base num período dado (dia, semana, meses), fala-se assim de visitas diárias, semanais ou mensais. O número de visitas indica assim o número de postos de trabalho que acederam ao site num período dado.

Visitante/visitante único


A noção de “visitante” deve entender-se na acepção de indivíduo. Chama-se assim “número de visitantes” ao número de indivíduos que consultaram o site num período dado.

Medição da popularidade

Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Medir-a-audiencia-de-um-website.pdf

A ver igualmente


Measuring Website Traffic
Measuring Website Traffic
Medición del tráfico de un sitio web
Medición del tráfico de un sitio web
Webseitenbesuchermessung
Webseitenbesuchermessung
Web Analytics - Mesure d'audience d'un site internet
Web Analytics - Mesure d'audience d'un site internet
Misura del pubblico di un sito web
Misura del pubblico di un sito web
Este documento, intitulado « Medir a audiência de um website »a partir de Kioskea (pt.kioskea.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.