Pesquisar

Salvaguarda (backup)

Março 2015

A salvaguarda

Hoje, a implementação de uma arquitectura redundante permite apenas garantir a disponibilidade dos dados de um sistema, mas não permite proteger os dados contra os erros de manipulação dos utilizadores ou contra catástrofes naturais como um incêndio, uma inundação ou ainda um tremor de terra.

É por conseguinte necessário prever mecanismos de salvaguarda (em inglês backup), de preferência em sites distantes, a fim de garantir a perenidade dos dados.

Além disso, um mecanismo de salvaguarda permite assegurar uma função de arquivo, ou seja, conservar os dados num estado que corresponde a uma dada data.

Tipos de salvaguarda

O mecanismo de salvaguarda instalado deve imperativamente ser pensado de maneira a assegurar a perenidade e a recuperação do conjunto dos dados críticos da organização, independentemente do sinistro sofrido, sem perturbar o funcionamento do sistemade informação. Assim, a escolha do mecanismo de salvaguarda deve ser objecto de uma estratégia de salvaguarda, definindo os dados a salvaguardar, a frequência e o modo de salvaguarda, e um plano de retoma que indica a diligência necessária para restabelecer o funcionamento normal em caso de incidente.

Distinguem-se habitualmente as seguintes categorias de salvaguarda:

  • Salvaguarda total
  • Salvaguarda diferencial
  • Salvaguarda incremental
  • Salvaguarda à delta
  • Journalisation

Salvaguarda completa

O objectivo da salvaguarda completa (salvaguarda total ou em inglês full backup) é realizar uma cópia conforme dos dados a salvaguardar num suporte separado. No entanto, para grandes volumes de dados, a salvaguarda completa pode colocar problemas de lentidão (se os dados são alterados durante a salvaguarda), de disponibilidade, porque cria acessos ao disco longos e intensos, ou ainda de custo, dada a capacidade necessária. Em contrapartida, permite obter uma imagem fiel dos dados num tempo determinado.

Salvaguarda incremental

A salvaguarda incremental (em inglês incremental backup) consiste em copiar todos os elementos alterados desde a salvaguarda precedente. Este tipo de salvaguarda é mais eficiente que uma salvaguarda total porque permite focalizar-se unicamente nos ficheiros alterados com um espaço de armazenamento mais fraco, mas necessita por outro lado de possuir as salvaguardas precedentes para reconstituir a salvaguarda completa.

Salvaguarda diferencial

A salvaguarda diferencial (em inglês differential backup) focaliza-se unicamente nos ficheiros alterados desde a última salvaguarda completa, o que a torna mais lenta e mais gastadora de espaço de armazenamento do que uma salvaguarda incremental, mas igualmente mais fiável porque só a salvaguarda completa é necessária para reconstituir os dados salvaguardados.

Salvaguarda à delta

A salvaguarda à delta (em inglês delta backup) é uma salvaguarda incremental sobre elementos de dados de granulosidade mais fina, ou seja, a nível de cada bloco de dados e não apenas a nível do ficheiro.

Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Salvaguarda-backup.pdf

A ver igualmente


Backup
Backup
Copia de seguridad
Copia de seguridad
Datensicherung (Backup)
Datensicherung (Backup)
Sauvegarde (backup)
Sauvegarde (backup)
Backup
Backup
Este documento, intitulado « Salvaguarda (backup) »a partir de Kioskea (pt.kioskea.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.