Comandos FTP

Abril 2015

O protocolo FTP


FTP (File Transfer Protocol) é um protocolo, ou seja, uma linguagem standard de comunicação entre duas máquinas, permitindo a máquinas de tipos diferentes (ou cujo sistema de exploração é diferente) transferir ficheiros para uma rede que funciona sob TCP/IP.

O FTP funciona num ambiente cliente/servidor, isto é, a máquina distante é configurada como servidor e por conseguinte espera que uma máquina lhe peça um serviço. Sob UNIX, o serviço é fornecido pelo que se chama um "demónio", uma pequena tarefa que funciona em fundo. O demónio FTP chama-se ftpd.

Os software clientes são numerosos, alguns dos quais se executam a partir de uma linha de comando (por exemplo, o comando ftp, aplicada em padrão em numerosos sistemas de exploração), mas uma grande maioria permite manipular ficheiros num interface gráfico (CuteFTP por exemplo), tornando as transferências de ficheiros mais conviviais.

O protocolo FTP permite trocar um ficheiro ao mesmo tempo, nos dois sentidos entre a máquina cliente (a que iniciou a conexão, por conseguinte a máquina recorrente) e a máquina servidor (a que fornece o serviço FTP, por conseguinte a máquina chamada). O protocolo FTP permite também outras acções, como a criação e a supressão de directórios (com a condição de estarem vazios), a listagem dos ficheiros, a supressão e a alteração de nomes de ficheiros, etc.

Protocolo e aplicação


Não se deve confundir as duas noções de protocolo e aplicação! Com efeito, um protocolo é um conjunto de regras e procedimentos que foram definidos para estandardizar a comunicação, enquanto que a aplicação é a programação de um software que segue (mais ou menos bem) as recomendações do protocolo.

Assim, o comando "ftp" foi rapidamente aplicado em numerosas plataformas, segundo as especificações do protocolo FTP.

Arranque de uma sessão FTP


O comando "ftp" está disponível de origem em diversas plataformas, incluindo UNIX, Windows e Linux. O comando que permite iniciar uma sessão FTP é geralmente o seguinte:

ftp nom_du_serveur


nom_du_serveur representa o nome ou o endereço IP da máquina distante à qual se deseja ligar. É necessário obviamente que a máquina alvo disponha de um serviço FTP.

Aquando da iniciação da conexão, diversas linhas de texto aparecem no ecrã. A primeira linha assinala que está ligado a um servidor FTP, as linhas seguintes constituem uma mensagem de boas-vindas, podendo indicar o tipo de site FTP de que se trata (i.e, que tipo de ficheiros ele aloja ou o organismo a que pertence), ou recomendações para os utilizadores.

Sob FTP, cada linha começa por um número que indica um código relativo a uma falha ou a um sucesso. No caso da mensagem de boas-vindas, a linha está, por exemplo, precedida do número 220, que significa que "o serviço está pronto para o novo utilizador".

O servidor pede-lhe que escreva o seu nome de utilizador (também chamado login ou identificador), para definir privilégios de acesso (como o direito de escrita ou de leitura). Após validação, uma linha que começa pelo número 331 convida-o a introduzir a sua senha, que será mascarada, ou seja, não aparecerá no ecrã.

Pode acontecer que o servidor seja público. Neste caso, o acesso pode fazer-se anonimamente, será necessário iniciar a sessão como: "anonymous". A tradição diz que, para os servidores públicos, o utilizador escreva como senha o seu endereço de correio electrónico, mas pode escrever o que quiser.

Aquando da validação da senha, uma mensagem indicará se a conexão foi estabelecida ou não, neste caso as razões serão dadas (o síte pode, por exemplo, ter atingido o seu limite máximo em termos de utilizador, neste caso a mensagem "No more user access allowed" aparece).

Uma vez ligado ao síte, o FTP espera por parte do utilizador comandos que descrevam as acções a efectuar.

Comandoss FTP


Os comandos FTP usuais são os seguintes :


ComandoDescrição
helpMostra o conjunto dos comandos suportados pelo servidor FTP
statusPermite conhecer certos parâmetros da máquina cliente
binaryEste comando fá-lo passar do modo ASCII (envio de documentos de texto) para o modo binário (envio de ficheiros em modo binário, ou seja, para os ficheiros não texto, como imagens ou programas)
asciiPassa do modo binário ao modo ASCII. Este modo é o modo por defeito
typePermite mostar o modo corrente de transferência (binário ou ASCII)
userPermite-lhe reiniciar uma sessão no site FTP corrente com um nome de utilizador diferente. Uma nova senha ser-lhe-á então pedida
lsPermite listar os ficheiros presentes no directório corrente. O comando "ls - l" trata das informações suplementares nos ficheiros
pwdMostra o nome completo do directório corrente
cdEste comando significa change directory, permite alterar o directório corrente. O comando "Cd." permite aceder ao directório de nível superior
mkdirO comando mkdir (sob UNIX, ou md sob sistema Microsoft) permite criar um directório no directório corrente. A utilização deste comando está reservada aos utilizadores que têm um acesso que o permite
rmdirComando rmdir (sob UNIX, ou rd sob sistema Microsoft) permite suprimir um directório no directório corrente. A utilização deste comando está reservada aos utilizadores que têm um acesso que o permite
getEste comando permite recuperar um ficheiro presente no servidor·
  • Se o comando estiver seguido de um nome de ficheiro, o ficheiro distante é transferido para a máquina local no directório local corrente
  • Se o comando estiver seguido de dois nomes de ficheiros, o ficheiro distante (o primeiro nome) é transferido para a máquina local no directório local corrente, com o nome de ficheiro precisado (o segundo nome)

Se por acaso o nome de ficheiro contiver espaços, é necessário escrevê-lo entre aspas.
putEste comando permite enviar um ficheiro local para o servidor
  • Se o comando estiver seguido de um nome de ficheiro, o ficheiro local é transferido para o servidor no directório distante corrente
  • Se o comando estiver seguido de dois nomes de ficheiros, o ficheiro local (o primeiro nome) é transferido para o servidor no directório distante corrente, com o nome de ficheiro precisado (o segundo nome)

Se por acaso o nome de ficheiro contiver espaços, é necessário escrevê-lo entre aspas.
openFecha a sessão corrente e abre uma nova sessão num outro servidor FTP
closeFecha sessão corrente, deixando o software FTP cliente activo
byeDesliga o software cliente do servidor FTP e põe-no em estado inactivo
quitDesliga o software cliente do servidor FTP e põe-no em estado inactivo

Mais informação


Para uma leitura offline, é possível baixar gratuitamente este artigo no formato PDF:
Comandos-ftp.pdf

A ver igualmente


FTP commands
FTP commands
Comandos FTP
Comandos FTP
Die FTP-Befehle
Die FTP-Befehle
Les commandes FTP
Les commandes FTP
I comandi FTP
I comandi FTP
Este documento, intitulado « Comandos FTP »a partir de Kioskea (pt.kioskea.net) está disponibilizado sob a licença Creative Commons. Você pode copiar, modificar cópias desta página, nas condições estipuladas pela licença, como esta nota aparece claramente.